Arquivo da Categoria "Conferências e palestras"

Diálogo entre Academia e Defesa pontuam a Aula Magna

Postado por INEST em 01/out/2018 - Sem Comentários

A tradicional Aula Magna do INEST, realizada no dia 01/10,  contou, em sua edição deste ano, com palestra da Profª. Drª Sabrina Evangelista Medeiros, professora associada da Escola de Guerra Naval.  A apresentação teve como tema ‘O Complexo Academia e Defesa e apontamentos para a conjuntura’.

A professora desenvolveu seu tema fazendo um paralelo entre a literatura relativa às relações entre forças armadas e sociedade e a sua própria trajetória acadêmica, dando ênfase às conexões entre a academia e os estudos estratégicos.

Ela destacou o esforço dos pioneiros na área que derivou no atual quadro complexo de redes de pesquisadores em todo o Brasil. Nesse aspecto, ressaltou o papel, entre outros,  do atual diretor do INEST, professor Eurico de Lima Figueiredo, um dos fundadores da Associação Brasileira de Estudos da Defesa, a ABED. Relembrou igualmente a criação, em 2008, do curso de Relações Internacionais do INEST/UFF, quando colaborou nos seus primeiros anos.

 

 

Sabrina também  descreveu o papel de uma geração de jovens pesquisadores, alguns hoje professores do INEST e de outros centros de excelência, e a institucionalização de um espaço de pesquisa e ensino constituído  por civis na Escola de Guerra Naval, que acabou por reforçar o diálogo entre a Academia e a Defesa.

 

Ao final de sua apresentação, ela encorajou a audiência a buscar a oportunidades, reconhecer o dever de cada um perante à sociedade e  dar conta do desafio de produzir o conhecimento e a reflexão sobre os aspectos estratégicos  para as novas gerações. Ao término de sua intervenção, a professora foi saudada por longa salva de palmas.

Rob Walker faz visita ao INEST

Postado por INEST em 30/jun/2018 - Sem Comentários

O Programa de Pós Graduação em Estudos Estratégicos recebeu no dia 28 de junho a visita do professor Rob Walker, um dos mais renomados teóricos contemporâneos das Relações Internacionais.  O docente da Victoria University, que estava no Brasil cumprindo extensa agenda acadêmica, aceitou o convite do coordenador do PPGEST, prof. Thiago Rodrigues, para dar palestra especial na disciplina Teoria e Análise de Relações Internacionais da Defesa e da Segurança I. O tema escolhido foi com base em seu livro “Inside/Outside: International Relations as Political Theory”.

 

Relações Estados Unidos – México é tema de encontro

Postado por INEST em 16/maio/2018 - Sem Comentários

No dia 23 de maio será realizado o debate México – Estados Unidos, 170 anos após Guadalupe -Hidalgo.
O Tratado citado pôs fim à guerra entre os dois países, garantindo a anexação, por parte dos norte-americanos, de mais da metade do território mexicanos.
Seus efeitos são sentidos até a atualidade.
A coordenação do evento será feita pelo prof. Gabriel Passetti.
As inscrições podem ser feitas em https://goo.gl/forms/9FlMcnpMd00lWzip2

ABCP-Sudeste e INEST realizam Seminário sobre Direitas e Conservadorismo

Postado por INEST em 02/maio/2018 - Sem Comentários

No dia 25 de abril foi realizado no auditório do bloco P  o seminário Conservadorismos, Novas Direitas e Grupos insurgentes.

O seminário contou com a apresentação das pesquisas dos professores Alexandre Fuccille (UNESP), Esther Solano (UNIFESP), Felipe Borba (UNIRIO) e  Mara Telles (UFMG), e com a moderação do professor Eduardo Heleno.
A professora Mara Telles, da UFMG, deu início ao debate, apresentando pesquisa em que comparou os discursos presentes nos grupos de direita que foram às ruas entre 2013 e 2016 no Brasil com aqueles existentes no âmbito da União Europeia. Em seu trabalho, ela pontuou as características que assemelham e afastam esses movimentos e partidos.

A professora Esther Solano, baseada em entrevistas e pesquisa em redes sociais,  mostrou alguns aspectos que servem para ilustrar o perfil  do eleitorado brasileiro que tende atualmente a votar em partidos da direita.

O professor Felipe Borba por sua vez apresentou a pesquisa sobre a violência política, dando especial ênfase ao estado do Rio de Janeiro. Em seu trabalho, que ainda está em andamento , ele apurou dados relevantes que ajudam a explicar os casos de morte envolvendo políticos.

Finalizando o seminário, o professor Alexandre Fuccille trouxe uma série de reflexões sobre o papel dos militares na democracia, e  a interação da instituição castrense com os movimentos e partidos, sejam de direita ou esquerda. Fuccille também prescreveu ações que devem consideradas para a melhoria do controle civil objetivo sobre as Forças Armadas.

O evento, denominado Rodada ABCP  Sudeste – INEST , deu continuidade a uma série de debates realizados em março em São Paulo e organizados pela Regional Sudeste e pelo NEAM/PUC-SP.

A atividade em Niterói foi fruto de parceria entre a ABCP (Regional SE), representada pelos professores Mara Telles (diretora) e Felipe Borba (vice-diretor), e o INEST, representado pelo professor Eduardo Heleno. A organização contou com apoio do Programa de Pós Graduação em Estudos Estratégicos, do grupo de estudos sobre Política e Forças Armadas na América do Sul, dos tutores e monitores do curso de Relações Internacionais.

 

Simpósio Internacional Guerra Fria, entre o local ao global

Postado por INEST em 02/out/2017 - Sem Comentários

Durante os dias 25 e 28 de setembro foi realizado o Simpósio Internacional “Guerra Fria: entre o local e o global”.

 

A conferência de abertura foi ministrada pelo  professor Adriano de Freixo (INEST-UFF), que  falou sobre “A crise do Último Império: a Guerra Fria e as décadas finais do colonialismo português (1945-1975)”.  Logo depois, a mesa redonda: A América Latina e a Guerra Fria abordou três temas. A primeira exposição foi “Regimes militares do Cone Sul: propaganda anti comunista no contexto da Guerra Fria”, pela professora Maria Helena Rolim Capelato (USP). A segunda exposição foi realizada pela professora Samantha Viz Quadrat (UFF) sobre o tema “Os impactos do voo do Condor na ditadura e na democracia”. O último tema analisado pela mesa foi “Futebol e ditaduras na América do Sul: nacionalismo, cooperação e resistência” pela professora Lívia Gonçalves Magalhães (UFF). A última mesa redonda do primeiro dia do simpósio internacional foi “Políticas Externa e Interna do Brasil na Guerra Fria”. A mesa contou com três temas para debate: “Coexistência e competição: as narrativas de John Kennedy, Nikita Kruschev e San Tiago Dantas”, pelo professor Renato Petrocchi (INEST-UFF);  “Guerra Fria e os Militares: uma relação explosiva”, pelo professor Paulo Ribeiro Rodrigues Cunha (UNESP) e a  “A construção do Terceiro Mundo. A frente latina,o sistema multilateral e a Guerra Fria (1946-1954)”, realizada pelo professor Alexandre Moreli (FGV – CPDOC).

O segundo dia do simpósio abordou as duas superpotências. Mediada pelo prof. Vitelio Brustolin, a  mesa redonda :Os EUA e seu bloco contou com três temas. O professor Dennison de Oiveira (UFPR) falou  sobre ” Os EUA e o equilíbrio de poder na América Latina após a Segunda Guerra Mundial: a política de fornecimento de armas e munições para o continente no contexto do início da Guerra Fria”; a segunda análise “Caracterizando o terror e o contra terror: as narrativas e as propostas de neoconservadores e neoliberais para a Revolução Nicaraguense e a Guerra Civil em El Salvador nos anos 1980” foi apresentada pelo professor Roberto Moll Neto (Instituto Federal Fluminense) ; o professor Thaddeus Gregory Blanchette (UFRJ) trouxe  a temática “Atravessando um continente para Paz:The Great Peace March for Global Nuclear Disarmament, 1986”.  A mesa redonda: A URSS e seu bloco, mediada pelo professor Eduardo Heleno,  teve as apresentações das  professoras Elitza Lubenova Bachvarova (UFRJ), que falou sobre “A Polícia Política na Bulgária Socialista: Uma Máquina de Legitimação”; Ekaterina Volkova (UFF) que abordou a “Literatura de língua russa no século XX: russa, soviética ou antissoviética?”, e Thaiz Carvalho Senna (UFF) que mostrou sua pesquisa sobre a “A representação feminina como arma na Guerra Fria “.

O terceiro dia explorou a guerra fria na Ásia e na África.  A mesa redonda : “As Relações Internacionais após as descolonizações” contou com três apresentações. A professora Jacqueline Ventapane dissertou sobre “A última ‘guerra quente’ da Guerra Fria: as lutas de libertação de Angola na grande imprensa brasileira; o professor  Flávio Limoncic (UNIRIO) expôs sobre “A Guerra Fria no Oriente Médio”. Ao fim, a professora Beatriz Bissio (UFRJ) explicou “Bandung: o despertar do sul”.  A mesa redonda : “Guerra Fria na Ásia” contou com a apresentação “O Brasil e as repúblicas hemisféricas na Guerra da Coréia”, do professor Vágner Camilo Alves (INEST-UFF); com “A expansão das fronteiras econômicas dos Estados Unidos: o anticolonialismo imperial e a disputa pelo mercado chinês na interpretação historiográfica revisionista”, do professor  Flávio Alves Combat (DGEI-UFRJ) e, por fim, com “Construção da Memória do Camboja Pós Khmer Vermelho: O Testemunho no Cinema de Rithy Panh”, com a professora  Tanara Stuermer Ludwig.

No último dia, uma mesa dedicada aos avanços tecnológicos e outra, à historiografia, fecharam o evento. A última mesa redonda do evento tratou o tema “Inteligência, Defesa e Espionagem”. As contribuições ficaram por conta do professor Leandro Alberto de Paiva Siqueira (PUC-SP) que abordou sobre a “Corrida espacial e inteligência”. O professor Vitelio Brustolin(INEST-UFF/Columbia University) mostrou sua pesquisa sobre as “Transformações científicas e tecnológicas durante a Guerra Fria”, enquanto que o professor Henrique Fernandes Alvarez Vilas Porto (PPGEST-UFF) apresentou um painel sobre  “A Crise da Indústria Bélica Brasileira nas Décadas de 1980 e 1990”.  A Conferência de Encerramento, ministrada pelo professor Sidnei José Munhoz (UEM), trouxe o tema “Guerra Fria: origens,conceito e debates historiográficos”.

O Simpósio Internacional recebeu recursos da CAPES para a realização. A coordenação geral do evento coube ao professor Gabriel Passetti.  A organização contou com os professores Adriano de Freixo, Eduardo Heleno, José Manuel Gonçalves, Renato Petrocchi, Vágner Camilo Alves e Vitelio Marcos Brustolin. O comitê científico foi composto pelos professores Maria Ligia Coelho Prado (USP), Tereza Maria Spyer Dulci (UNILA),  Eurico de Lima Figueiredo,Fernando Roberto de Freitas Almeida e Thiago Moreira de Souza Rodrigues.

 

Pesquisadores do IESP apresentam o Atlas da Política Brasileira de Defesa

Postado por INEST em 12/set/2017 - Sem Comentários

No dia 12 de setembro, o INEST recebeu os professores Maria Regina Soares de Lima, Marianna Albuquerque, Murilo Gomes da Costa e Rubens Duarte e Rubens Duarte, do IESP. Eles apresentaram o Atlas da Política Brasileira de Defesa. O trabalho foi fruto do edital feito pela Cnpq e pelo ministério da Defesa e contou com a revisão do prof. Thiago Rodrigues.  Entre os pesquisadores, dois são formados em Relações Internacionais pelo INEST/UFF: Igor Acácio e Murilo Gomes da Costa. Além disso,  Marianna Albuquerque é professora colaboradora do INEST.

Pesquisadores do IESP apresentam o Atlas

Docentes e Discentes do INEST marcam presença na Semana de Relações Internacionais da UNESP

Postado por INEST em 01/set/2017 - Sem Comentários

O professor Eduardo Heleno e os mestrandos Leandro Pinotti, Mariana Guimarães e Roberta Helena dos Santos participaram da Semana de Relações Internacionais da Universidade Estadual Paulista (UNESP) em Marília.  Eduardo Heleno participou com os professores Paulo Cunha, Vivian Ishaq e Carolina de Campos Melo na mesa redonda sobre Memória, Justiça e Comissões da Verdade: Impasses de uma transição na América Latina.

Cientista política Fatima Lampreia fala sobre as eleições de 2018

Postado por INEST em 25/ago/2017 - Sem Comentários

Abrindo as atividades do segundo semestre de 2017, o INEST recebeu, no dia 24 de agosto, quinta-feira, a cientista política Fátima Lampreia, PhD pela Universidade de Essex (Reino Unido), e pesquisadora da Universidade de Algarve. A palestra abordou as eleições de 2018 à luz das eleições de 1989. Lampreia é autora de O Centro do Labirinto: Um estudo sobre a competição eleitoral na TV e Convergências Miméticas:O Centro do Labirinto volume II.

Eleições de 2018

Postado por INEST em 18/ago/2017 - Sem Comentários

Abrindo as atividades do segundo semestre de 2017, o INEST recebe, no dia 24 de agosto, quinta-feira, a cientista política Fátima Lampreia, PhD pela Universidade de Essex (Reino Unido), e pesquisadora da Universidade de Algarve.
A palestra terá como tema as eleições de 2018 à luz das eleições de 1989. Lampreia é autora de O Centro do Labirinto: Um estudo sobre a competição eleitoral na TV e Convergências Miméticas:O Centro do Labirinto volume II.
A palestra acontece no auditório do bloco P, às 11h.
As inscrições podem ser feitas aqui
https://goo.gl/forms/XAsPoqAVxYtIRnZk2

Conjuntura Política

Postado por INEST em 23/jun/2017 - Sem Comentários

No dia 26, segunda-feira, o INEST recebe o deputado Miro Teixeira, que fará palestra sobre a conjuntura política brasileira. A atividade será realizada no auditório do bloco G, às 11h.
Inscrições devem ser feitas no link https://goo.gl/forms/xWjzNNuxeMwVUBXm2

As questões curda e turca no Oriente Médio

Postado por INEST em 22/jun/2017 - Sem Comentários

O Instituto de Estudos Estratégicos da UFF recebeu os professores Mehmet Gurses, da Florida Atlantic University e Aloysio Vasconcellos, da Brazil International Foundation.
Gurses apresentou palestra sobre as questões curda e turca no Oriente Médio, e aspectos do Partido Paz e Democracia (Barış ve Demokrasi Partisi – BDP) e do Partido dos Trabalhadores do Curdistão (Parti Karkerani Kurdistan-PKK). A apresentação foi realizada para professores e alunos do mestrado em Estudos Estratégicos.

Crise tem cinco letras: Trump, Temer e a débâcle da Democracia

Postado por INEST em 12/jun/2017 - Sem Comentários

O Laboratório de Estudos sobre a Política Externa Brasileira (LEPEB), o Laboratório de Estudos em Política Internacional (LEPIN) e o Núcleo de Estudos Estratégicos Avançados (NEA) convidam para a mesa-redonda “Crise tem cinco letras: Trump, Temer e a débâcle da Democracia”, que acontecerá na quarta-feira, dia 14 de junho, às 14 h, no Auditório do Bloco F (Faculdade de Economia), no Campus do Gragoatá. A mesa será mediada por Gabriel Passetti, professor de História das Relações Internacionais do INEST-UFF, e terá como debatedores:

Aaron Schneider – Diretor da Cátedra Leo Block de Estudos Internacionais (University of Denver)
Adriano de Freixo – Professor de Política Externa e Relações Internacionais do INEST-UFF
Rafael R. Ioris – Professor de História Latino Americana e Política Comparada (University of Denver)
Sylvia Moretzsohn – Jornalista e professora aposentada do Departamento de Comunicação Social da UFF.
O evento contará três horas internas de Atividades Complementares para alunos de RI da UFF e serão emitidos certificados para ouvintes externos. As inscrições podem ser feitas no link abaixo:

https://goo.gl/forms/V7MRPFq2ioNRzLAU2

Aula Inaugural do Curso de Relações Internacionais

Postado por INEST em 18/abr/2017 - Sem Comentários

No dia 20 de abril, quinta-feira, será realizada a Aula Inaugural do Curso de Relações Internacionais do INEST-UFF.
O convidado especial é o professor Alcides Costa Vaz (UnB), presidente da Associação Brasileira de Estudos da Defesa (Abed). A palestra terá início às 11h e acontece no auditório da Faculdade de Economia, no bloco F do Campus do Gragoatá.
As inscrições podem ser feitas em
https://goo.gl/forms/34kNQEqdl3sxilf12

Cobertura do Simpósio Internacional Dois Séculos de Relações Internacionais

Postado por INEST em 19/maio/2016 - Sem Comentários

Ter­ceiro dia do Sim­pó­sio Dois Sécu­los de Relações Inter­amer­i­canas

Texto: Raquel Araújo de Jesus; Fotos: Mar­i­ana Guimarães e Urias Fernandes

Na tarde desta terça-​feira, 18 de maio de 2016, ocor­reu o ter­ceiro e último dia do Sim­pó­sio Inter­na­cional “Dois Sécu­los de Relações Inter­amer­i­canas”, no auditório do “Bloco E” da Uni­ver­si­dade Fed­eral Fluminense.

IMG 5236

A primeira Mesa Redonda, sob a coor­de­nação do Prof. Dr. Eduardo Heleno (INEST-​UFF), abor­dou o tema “Forças Armadas e Sociedade no século XXI”. O Prof. Dr. Celso Cas­tro, do CPDOC da Fun­dação Getúlio Var­gas, tra­tou sobre “A Amazô­nia no pen­sa­mento dos Mil­itares Brasileiros”. Cas­tro falou sobre a cen­tral­i­dade da região no imag­inário do Exército Brasileiro, prin­ci­pal­mente a par­tir da década de 1990. O Prof. Dr. Paulo Cunha, da Uni­ver­si­dade Estad­ual Paulista, abor­dou a temática “Mil­itares e a Sociedade na América Latina” e falou sobre tran­sição e democ­ra­cia no Brasil, Uruguai, Argentina e Chile. Na sequên­cia, o Prof. Dr. João Roberto Mar­tins Filho, da Uni­ver­si­dade Fed­eral de São Car­los, tra­tou sobre “As relações entre civis e mil­itares no Brasil” e a par­tic­i­pação dos mil­itares na política durante o período republicano.

IMG 5268

A segunda Mesa Redonda foi coor­de­nada pelo Prof. Dr. Vite­lio Mar­cos Brus­tolin (INEST-​UFF) e teve como tema “Mil­itares e a Defesa Inter­amer­i­cana no século XXI”. O Prof. Dr. Mar­cos José Bar­bi­eri Fer­reira, da Uni­ver­si­dade Estad­ual de Camp­inas, apre­sen­tou como temática a ser dis­cu­tida “A inserção da Base Indus­trial de Defesa Brasileira no con­texto inter­amer­i­cano no século XXI” abor­dando questões como gas­tos orça­men­tários em defesa na América e no mundo e pos­si­bil­i­dades de inte­gração inter­amer­i­cana em matéria de defesa. O Prof. Ms. Eduardo Oighen­stein Loureiro, da Uni­ver­si­dade Fed­eral Flu­mi­nense, trouxe como tema “O Brasil e o processo de lid­er­ança regional: o poder nacional e a pro­jeção inter­na­cional no pro­grama KC-​390” anal­isando a relevân­cia do pro­jeto empreen­dido pela EMBRAER na pro­jeção inter­na­cional do Brasil. Pos­te­ri­or­mente, o Embaix­ador Addor Neto, à con­vite do Prof. Dr. Vite­lio Mar­cos Brus­tolin, fazendo menção ao provér­bio latino Si vis pacem, para bel­lum, falou sobre a importân­cia da temática de Defesa Nacional no mundo contemporâneo.

Para encer­rar as ativi­dades do Sim­pó­sio, o Prof. Dr. Gabriel Pas­setti (INEST-​UFF) agrade­ceu o apoio insti­tu­cional da CAPES, da Uni­ver­si­dade Fed­eral Flu­mi­nense, do Insti­tuto de Estu­dos Estratégi­cos, da Fac­ul­dade de Econo­mia, do Pro­grama de Pós-​Graduação em Estu­dos Estratégi­cos, e dos demais pro­fes­sores e estu­dantes na real­iza­ção do evento que teve como intu­ito não ape­nas cel­e­brar os duzen­tos anos de relações inter­amer­i­canas, como tam­bém apre­sen­tar difer­entes for­mas de se pen­sar esta mesma questão. Em seguida, o Prof. Dr. Emérito Eurico de Lima Figueiredo, Dire­tor do Insti­tuto, agrade­ceu ao Prof. Pas­setti pelo esforço empreen­dido na real­iza­ção do evento e dis­cur­sou sobre o com­pro­misso que a comu­nidade acadêmica tem com o país.

Segundo dia do Sim­pó­sio Dois Sécu­los de Relações Inter­amer­i­canas

Pub­li­cado em Quarta, 18 Maio 2016 10:23Texto: Pedro Maués; Fotos: Mar­i­ana Guimarães e Urias Fernandes

O segundo dia do Sim­pó­sio Inter­na­cional Dois Sécu­los de Relações Inter­amer­i­canas começou com a mesa “O Brasil e as Améri­cas”, sob a coor­de­nação do Prof. Dr. Gabriel Pas­setti. O Prof. Dr. Luís Cláu­dio Vil­lafañe Gomes San­tos, do Insti­tuto Histórico e Geográ­fico Brasileiro, apre­sen­tou a comu­ni­cação “A con­strução do con­ceito de América do Sul pela diplo­ma­cia brasileira”, na qual fez um panorama do que a diplo­ma­cia brasileira tem enten­dido por “América do Sul”, do século XIX aos dias atu­ais. Em seguida, o Prof. Dr. Fran­cisco Dora­tioto, da Uni­ver­si­dade de Brasília, dis­cor­reu sobre a evolução da política brasileira na região do Rio do Prata, do Primeiro Reinado até o iní­cio do período repub­li­cano, em “A política do Brasil para o Rio da Prata no século XIX”.

IMG 5122

Luis Cláu­dio Vil­lafañe Gomes San­tos, Gabriel Pas­setti e Fran­cisco Doratioto.

A segunda mesa do dia foi coor­de­nada pelo Prof. Dr. Adri­ano de Freixo, e teve como tema “Relações inter­amer­i­canas no século XX”. O Prof. Dr. Alexan­dre Fortes, da Uni­ver­si­dade Fed­eral Rural do Rio de Janeiro, abriu a mesa com “A visão norte-​americana sobre a política tra­bal­hista brasileira durante a Segunda Guerra Mundial”, apre­sen­tando uma inves­ti­gação sobre a importân­cia estratég­ica do Brasil para os EUA na Segunda Guerra Mundial e seus efeitos na visão norteam­er­i­cana sobre a questão tra­bal­hista no Brasil. Na sequên­cia, Profa. Ms. Juliana Gagliardi de Araujo, da UFF, con­tribuiu com uma per­spec­tiva das Comu­ni­cações Soci­ais em “Imprensa em rede na América Latina: a Sociedade Inter­amer­i­cana de Imprensa e o Grupo de Diários América”, uma pesquisa sobre dois obje­tos pouco estu­da­dos, a Sociedade Inter­amer­i­cana de Imprensa (SIP), e o Grupo de Diários América (GDA), e seus papéis em deter­mi­na­dos pro­je­tos políti­cos de atores latino-​americanos e estadunidenses. Por fim, tive­mos a comu­ni­cação “Encon­tros e des­en­con­tros nas relações Brasil-​Argentina”, na qual a Profa. Dra. Miriam Gomes Saraiva, da Uni­ver­si­dade do Estado do Rio de Janeiro, nos apre­sen­tou uma visão panorâmica das relações entre Brasil e Argentina ao longo do século XX.

IMG 5147

Juliana Gagliardi, Adri­ano de Freixo, Alexan­dre Fortes e Miriam Gomes Saraiva

A jor­nada do Sim­pó­sio foi encer­rada com a con­fer­ên­cia “O Con­gresso do Panamá e os ensaios da união latino-​americana no século XIX”, do Prof. Dr. Ger­mán A. de la Reza, da Uni­ver­si­dad Autónoma Met­ro­pol­i­tana, no Méx­ico, na qual o pro­fes­sor fez uma análise histórica dos pro­je­tos de inte­gração entre os Esta­dos da América Latina a par­tir das independências.

IMG 5162

Ger­man de La Reza
O Sim­pó­sio, orga­ni­zado pelo Prof. Gabriel Pas­setti, conta com o apoio da Capes.

INEST orga­niza evento sobre os dois sécu­los de relações inter­amer­i­canas

Postado por INEST em 17/maio/2016 - Sem Comentários

Texto: Ricardo Freire; Fotos: Mar­i­ana Guimarães, Urias Fernandes

O Sim­pó­sio Inter­na­cional “Dois sécu­los de relações inter­amer­i­canas” teve iní­cio na tarde desta segunda-​feira, 16 de maio, no Auditório do Bloco “F” do Cam­pus do Gragoatá. O Prof. Dr. Thi­ago Rodrigues, Chefe do Depar­ta­mento de Estu­dos Estratégi­cos e Relações Inter­na­cionais do INEST, rep­re­sen­tando o Prof. Dr. Emérito Eurico de Lima Figueiredo, Dire­tor do Insti­tuto, agrade­ceu a pre­sença de todos os con­fer­encis­tas e assis­tentes, bem como cumpri­men­tou o Prof. Dr. Gabriel Pas­setti pela ini­cia­tiva e orga­ni­za­ção do Simpósio.

aIMG 4801

Em seguida, o Prof. Dr. Vágner Camilo Alves, Coor­de­nador do Pro­grama de Pós-​Graduação em Estu­dos Estratégi­cos da Defesa e da Segu­rança do INEST, tam­bém elo­giou a ini­cia­tiva e desta­cou apoio do Pro­grama de Pós-​Graduação ao evento, em face de sua relevância.

aIMG 4868

A Con­fer­ên­cia de Aber­tura do Sim­pó­sio foi pro­ferida pela Prof.ª Dr.ª Maria Ligia Coelho Prado, Emérita da Uni­ver­si­dade de São Paulo, que abor­dou o tema “Brasil e América Latina: prox­im­i­dades distantes”.

aIMG 4896

Finda essa con­fer­ên­cia e sua sessão de debates, foi for­mada a primeira Mesa Redonda do evento, sob a coor­de­nação do Prof. Dr. Vágner Camilo Alves, que ver­sou sobre o papel do EUA nas relações inter­amer­i­canas. A Mesa con­tou a fala do Prof. Dr. Fer­nando Luiz Vale Cas­tro, da Uni­ver­si­dade Fed­eral do Rio de Janeiro, que tra­tou do “Pan-​americanismo: entre a teo­ria e prática (18901940)”. Na sequên­cia, a Prof.ª Dr.ª Cecilia Azevedo, da Uni­ver­si­dade Fed­eral Flu­mi­nense, abor­dou a temática do “Movi­mento de Sol­i­dariedade à América Cen­tral nos anos 1980”. E, con­cluindo os tra­bal­hos, o Prof. Dr. Roberto Moll, do Insti­tuto Fed­eral Flu­mi­nense, dis­cur­sou sobre “Os Esta­dos Unidos e a América Latina no iní­cio do século XXI: con­tinuidades, rup­turas e perspectivas”.

Após uma série de debates e ques­tion­a­men­tos, o Coor­de­nador da Mesa, antes de dar por encer­ra­dos os tra­bal­hos da jor­nada, agrade­ceu a par­tic­i­pação de todos e con­cedeu aos palestrantes, como marco de gratidão e recon­hec­i­mento, um Cer­ti­fi­cado de Participação.

Frank McCann pro­fere palestra no INEST

Postado por INEST em 06/nov/2014 - Sem Comentários

O his­to­ri­ador norte-​americano Frank McCann pro­feriu palestra sobre as relações Brasil-​Estados Unidos na época do régime mil­i­tar, no último dia 3 de novem­bro, no Insti­tuto de Ciên­cias Humanas e Filosofia (ICHF), no cam­pus do Gragoatá.

Inti­t­u­lada “Rela­tions dur­ing mil­i­tary years ended the U.S.-Brazil Alliance” a palestra apre­sen­tou um panorama das relações entre as duas nações, com ênfase no período da ditadura brasileira (19641985).

Docente da Uni­ver­si­dade de New Hamp­shire, McCann atuou como pro­fes­sor vis­i­tante durante um mês no Pro­grama de Pós-​Graduação em Estu­dos Estratégi­cos (PPGEST), do Insti­tuto de Estu­dos Estratégi­cos (INEST), onde min­istrou, jun­ta­mente com o pro­fes­sor Adri­ano de Freixo, a dis­ci­plina Teo­ria e Análise das Relações da Defesa e da Segu­rança II, McCann é pro­fundo con­hece­dor do assunto, tem de dois de seus livros: “Sol­da­dos da Pátria – História do Exército brasileiro 18891937” (Com­pan­hia das Letras) e “Aliança Brasil-​Estados Unidos: 19371945” (Bibliex).

2014-11-03-Frank-McCann

Dois Anos do Gov­erno Dilma Rouss­eff: um Bal­anço das Políti­cas Exter­nas e de Defesa.

Postado por INEST em 05/dez/2012 - Sem Comentários

O INEST realizará, no dia 12 de dezem­bro, o sem­i­nário “Dois Anos do Gov­erno Dilma Rouss­eff: um Bal­anço das Políti­cas Exter­nas e de Defesa”. O local do evento será o auditório do bloco O, local­izado no Cam­pus do Gragoatá, Bloco O, São Domingos.

Às 9h, o pro­fes­sor Eurico de Lima Figueiredo, dire­tor do Insti­tuto, min­is­trará a con­fer­ên­cia de abertura.

Logo após, às 10h será ini­ci­ada a mesa redonda “A Política Externa no Gov­erno Dilma Rouss­eff”, medi­ada pelo pro­fes­sor Adri­ano de Freixo e que con­tará com a par­tic­i­pação dos pro­fes­sores Leonardo Valente (UFRJ), Mau­rí­cio San­toro (Anis­tia Inter­na­cional) e Míriam Saraiva (UERJ).

O tema “ A Política de Defesa no Gov­erno Dilma Rouss­eff” é o assunto da mesa-​redonda que terá iní­cio às 14h. Medi­ada pelo pro­fes­sor Vagner Camilo Alves, ela con­tará com a pre­sença dos pro­fes­sores Adri­ana Mar­ques (ECEME), Cláu­dio Sil­veira (UERJ) e Williams Gonçalves (UERJ).

Esse evento é orga­ni­zado pelo Pro­grama de Pós Grad­u­ação em Estu­dos Estratégi­cos (PPGEST) e pelo Lab­o­ratório Estu­dos sobre Política Externa Brasileira (LEPEB)

As inscrições podem ser feitas pelo email politicaexternabrasileira@gmail.com

Copyright 2018 - STI - Todos os direitos reservados

Translate »