Arquivo da Categoria "Notícias"

Nova turma de tutores e monitores

Postado por eduheleno em 19/maio/2018 - Sem Comentários

A partir de abril, o INEST passou a contar com uma nova turma de tutores e monitores.
São eles:
Tutores

Diana Viveiros
Luis Felipe Dias

 

Monitores

Gusttavo Farias – Economia e Comércio Exterior
Katherine Nunes Azevedo – História
Laís Dutra – Teoria Política III e IV
Meyre Teixeira – Sociologia
Nycole Nóbrega – Estudos Estratégicos
Rafaela Testi  – Política Internacional  Pós Guerra Fria

O Instituto parabeniza aos novos integrantes.

Bolsas Programa de Desenvolvimento Acadêmico

Postado por eduheleno em 17/maio/2018 - Sem Comentários

Os projetos Memória Institucional e Divulgação Científica e Monitor Sul-Americano – A política na vizinhança brasileira foram contemplados com 15 bolsas Proaes para alunos da graduação.
Coordenados pelos professores Eduardo Heleno, Gabriel Passetti e Vagner Camilo, esses projetos buscam cumprir o que estipula a política de inclusão da Universidade e do Instituto,  contribuindo para formação profissional e construção de cidadania dos estudantes da UFF. A partir do dia 21 de maio os docentes responsáveis pelos projetos poderão incluir os alunos selecionados pela Pró-Reitoria de Assuntos Estudantis (Proaes).

Saiba mais

 

Relações Estados Unidos – México é tema de encontro

Postado por eduheleno em 16/maio/2018 - Sem Comentários

No dia 23 de maio será realizado o debate México – Estados Unidos, 170 anos após Guadalupe -Hidalgo.
O Tratado citado pôs fim à guerra entre os dois países, garantindo a anexação, por parte dos norte-americanos, de mais da metade do território mexicanos.
Seus efeitos são sentidos até a atualidade.
A coordenação do evento será feita pelo prof. Gabriel Passetti.
As inscrições podem ser feitas em https://goo.gl/forms/9FlMcnpMd00lWzip2

ABCP-Sudeste e INEST realizam Seminário sobre Direitas e Conservadorismo

Postado por eduheleno em 02/maio/2018 - Sem Comentários

No dia 25 de abril foi realizado no auditório do bloco P  o seminário Conservadorismos, Novas Direitas e Grupos insurgentes.

O seminário contou com a apresentação das pesquisas dos professores Alexandre Fuccille (UNESP), Esther Solano (UNIFESP), Felipe Borba (UNIRIO) e  Mara Telles (UFMG), e com a moderação do professor Eduardo Heleno.
A professora Mara Telles, da UFMG, deu início ao debate, apresentando pesquisa em que comparou os discursos presentes nos grupos de direita que foram às ruas entre 2013 e 2016 no Brasil com aqueles existentes no âmbito da União Europeia. Em seu trabalho, ela pontuou as características que assemelham e afastam esses movimentos e partidos.

A professora Esther Solano, baseada em entrevistas e pesquisa em redes sociais,  mostrou alguns aspectos que servem para ilustrar o perfil  do eleitorado brasileiro que tende atualmente a votar em partidos da direita.

O professor Felipe Borba por sua vez apresentou a pesquisa sobre a violência política, dando especial ênfase ao estado do Rio de Janeiro. Em seu trabalho, que ainda está em andamento , ele apurou dados relevantes que ajudam a explicar os casos de morte envolvendo políticos.

Finalizando o seminário, o professor Alexandre Fuccille trouxe uma série de reflexões sobre o papel dos militares na democracia, e  a interação da instituição castrense com os movimentos e partidos, sejam de direita ou esquerda. Fuccille também prescreveu ações que devem consideradas para a melhoria do controle civil objetivo sobre as Forças Armadas.

O evento, denominado Rodada ABCP  Sudeste – INEST , deu continuidade a uma série de debates realizados em março em São Paulo e organizados pela Regional Sudeste e pelo NEAM/PUC-SP.

A atividade em Niterói foi fruto de parceria entre a ABCP (Regional SE), representada pelos professores Mara Telles (diretora) e Felipe Borba (vice-diretor), e o INEST, representado pelo professor Eduardo Heleno. A organização contou com apoio do Programa de Pós Graduação em Estudos Estratégicos, do grupo de estudos sobre Política e Forças Armadas na América do Sul, dos tutores e monitores do curso de Relações Internacionais.

 

Novo número da revista Hoplos

Postado por eduheleno em 02/maio/2018 - Sem Comentários

 

Está no ar o novo número da Hoplos, revista discente do Programa de Pós Graduação em Estudos Estratégicos.

As edições podem ser acessadas aqui.

Eleições para a Reitoria

Postado por eduheleno em 09/abr/2018 - Sem Comentários

Serão realizadas entre os dias 16 e 18 de abril as eleições para a Reitoria.
Três chapas disputam o certame.
Disponibilizamos os informes referentes a cada chapa, eles podem ser acessados nos links abaixo.
Chapa 1   ———— Chapa 2 –——— Chapa 3

O INEST contará com duas urnas:
Uma no saguão do 5º andar do Bloco  A, no campus do Gragoatá, que funcionará entre 10h e 14h.
Outra a funcionar entre 14h e 17h, na sede do Instituto, no Valonguinho.

 

 

Informes da Chapa 3

Postado por eduheleno em 09/abr/2018 - Sem Comentários

Mudar é preciso: Chapa 3 com Sérgio Mendonça e Francisco Estácio
Faz tempo que os processos eleitorais na UFF servem simplesmente para manter com o mínimo de alternância os mesmos grupos políticos no poder.
Tenhamos todos e todas coragem de apostar na possibilidade de mudança, para além dos posicionamentos pessoais, políticos, partidários e ideológicos: a UFF precisa oxigenar seus processos de gestão …..
Esta eleição nos possibilita, dessa forma, experimentar o novo, a possibilidade de uma real integração entre capital e unidades do interior, o rompimento com esquemas políticos que independente do (r)eitor, mantém os mesmos grupos no poder, a possibilidade de uma relação mais solidária, integrada, afetiva e inovadora que tenha como principal pressuposto uma UFF que tenha como objeto de sua preocupação a própria UFF e não acordos e esquemas políticos de manutenção do “mesmo” e de uma estagnação institucional …..
Desta forma, queremos resgatar a escuta constante dos diversos atores e atoras que compõe a nossa comunidade universitária, a indicação de alternativas públicas para financiamento de nossa Universidade em tempos de crise, a afirmação de uma multicampia real e não apenas jurídica, a valorização do ensino, pesquisa e extensão como suportes principais de uma Universidade forte, pujante e de relevância internacional, a valorização da saúde de nossos servidores, alunos e docentes em um momento em que o sofrimento na academia se faz tão evidente.
Sobremaneira queremos resgatar algo que foi muito esquecido recentemente: o diálogo que se opõe a prepotência e que ajuda a construir o nosso maior bem, ou seja, a democracia universitária, com o fortalecimento da autonomia do CUV e demais conselhos Superiores, o diálogo real com os Diretores de Unidades e Entidades representativas de nossa comunidade universitária.
* Este e-mail foi autorizado para envio pela Comissão Eleitoral Especial responsável pelo processo de consulta das preferências da comunidade acadêmica para o cargo de Reitor e Vice-Reitor da UFF para o quadriênio 2018-2022. Seu objetivo é divulgar, para a comunidade universitária, as informações e propostas dos candidatos à reitoria da UFF. O conteúdo dos textos, no entanto, são de responsabilidade de cada chapa.

​​Apresentação dos Candidatos

Sérgio Mendonça – Reitor  e Francisco Estácio – Vice-Reitor.Queremos uma UFF de altíssima qualidade, inovadora, relevante para a sociedade, com projeção nacional e internacional.  Uma Universidade que prime pela inclusão social e pelo acolhimento a todos e todas, com a consolidação dos campi do interior.
Sérgio escreveu os programas: Fopesq – de fomento à pesquisa, Auxílio-Publicação – de apoio a artigos em revistas qualificadas, Recém Doutor, Infrapesq – laboratórios de pesquisa, Infrauff, depois chamado Infraunidades.  Redigiu a primeira versão do Reuni da UFF.  Criou o Ônibus Urbano – Busuff. Responsável pela construção da Moradia Estudantil de Rio das Ostras e completou a obra da Moradia de Niterói.
Implantou o self service no bandejão e introduziu salada todos os dias. Transformou a Bolsa Treinamento na Bolsa de Desenvolvimento Acadêmico. Criou inúmeros programas de assistência estudantil e apoio à acessibilidade.
Francisco ingressou na UFF em 1983, como aluno de Psicologia. Depois fez concurso para a UFF como técnico, atuando ativamente na consolidação do Sintuff. Foi Coordenador de Legislação e Normas do DPl e Presidente da CPPTA.
Participou da implantação do novo Plano de carreira na UFF, “PUCRCE”, trabalhando ativamente no enquadramento funcional de diversos servidores e na definição das políticas de recursos humanos, face ao recém criado plano de carreira.
Tem experiência de gestão como Reitor em Exercício, Pró-Reitor de Infraestrutura, Diretor de Centro Universitário, Presidente da CPPD, Chefe de Departamento e Coordenador de Curso.
Na UFF, foi Coordenador do Curso de Psicologia em Campos. Consolidou o número de docentes, estruturando o SPA, obtendo o reconhecimento do MEC com nota 4. Foi um coordenador exemplar. Foi membro do Colegiado de Unidade, membro do CUV e Conselho de Curadores.
Só no ano de 2017, teve diversas publicações em eventos nacionais e internacionais como autor principal e como colaborador.* Este e-mail foi autorizado para envio pela Comissão Eleitoral Especial responsável pelo processo de consulta das preferências da comunidade acadêmica para o cargo de Reitor e Vice-Reitor da UFF para o quadriênio 2018-2022. Seu objetivo é divulgar, para a comunidade universitária, as informações e propostas dos candidatos à reitoria da UFF. O conteúdo dos textos, no entanto, são de responsabilidade de cada chapa.

 

Informes da Chapa 2

Postado por eduheleno em 09/abr/2018 - Sem Comentários

Para conhecimento,  divulgamos os informes de cada chapa que compõem o processo eleitoral para a reitoria.
Abaixo, os informes da chapa 2.

CHAPA 2 – À COMUNIDADE UFF

Nesta segunda mensagem, apresentamos uma síntese das nossas principais propostas. Após eleitos, daremos continuidade ao trabalho realizado entre 2006 e 2014, e consolidaremos a UFF com base em:
Governança: reativaremos o Plano de Desenvolvimento Institucional com base na participação democrática para identificar, compatibilizar e determinar as prioridades que deverão ser atendidas. Respeitaremos as instâncias colegiadas no seu papel plural para dialogar sobre as demandas da UFF gerindo os conflitos, clarificando divergências e construindo consenso.
Inovação:  reuniremos especialistas em gestão de C&T e montaremos escritórios para auxiliar os pesquisadores em seus projetos. Estimularemos a adoção criteriosa de pedagogias ativas, inovadoras e recursos tecnológicos avançados.
Sustentabilidade: utilizaremos a sustentabilidade política e institucional para tornar os campi ambientes sustentáveis, socialmente justos e acolhedores para conviver com diferentes culturas.
Diversidade: trabalharemos pela cultura da diversidade de pensamento, iniciativas, identidades e expressões.
Infraestrutura: concluiremos as obras já iniciadas, modernizaremos laboratórios e bibliotecas e implantaremos centros de coworking para diferentes áreas e abertos a comunidades acadêmicas parceiras.
Internacionalização: estimularemos a cooperação e conexão entre áreas de conhecimento e intercâmbios nacionais e internacionais de projetos de ensino, pesquisa e extensão.
Ensino: flexibilizaremos currículos, dotando-os de dimensões interdisciplinares; associaremos ensino e extensão com pesquisa para que os alunos desenvolvam autonomia e independência de aprendizagem.
Qualificação: garantiremos aos docentes, meios para titulação, qualificação e projeção nas respectivas comunidades científicas nacional e internacional.
Formação profissional: propiciaremos ambiente para o amadurecimento intelectual e profissional, senso de liberdade e responsabilidade com o próximo.
Consolidaremos a UFF a partir da colaboração, valorizando a competência e dedicação da comunidade universitária – docentes, funcionários, discentes e sociedade para o diálogo e a construção coletiva.
Somos leais à universidade pública, gratuita, democrática, inclusiva e a serviço da sociedade.
Roberto Salles e Wainer
VOTE CHAPA 2 – NOSSA UFF
www.nossauff.com.br           /aNossaUFF          36747799/975654652

* Este e-mail foi autorizado para envio pela Comissão Eleitoral Especial responsável pelo processo de consulta das preferências da comunidade acadêmica para o cargo de Reitor e Vice-Reitor da UFF para o quadriênio 2018-2022. Seu objetivo é divulgar, para a comunidade universitária, as informações e propostas dos candidatos à reitoria da UFF. O conteúdo dos textos, no entanto, são de responsabilidade de cada chapa.

Aos servidores técnico-administrativos, docentes e estudantes da UFF
Quero ser Reitor no quadriênio 2018-2022 porque minha gestão anterior foi reconhecida pela universidade e pelo MEC. Liderei o Programa de Reestruturação das Universidades que transformou a UFF na universidade brasileira mais interiorizada, com mais alunos de graduação, menor evasão, finanças equilibradas e muito bem posicionada nos rankings acadêmicos nacionais e internacionais.
Andei muito em Brasília, no MEC e no Congresso buscando recursos. Com perseverança, o financiamento veio e expandimos. A área edificada duplicou, cresceu o número de técnicos administrativos, docentes e estudantes. Construímos centenas de salas de aula e laboratórios para melhorar os cursos de graduação e pós-graduação.
Estudante de família pobre, nasci na Ilha do Governador e ajudava meus pais pescando e vendendo a pesca na feira. Só me mantive como estudante de Veterinária graças à bolsa-trabalho na biblioteca. Chegando a reitor me senti obrigado a proporcionar sobrevivência, ambiente universitário e conforto aos estudantes.
Foi uma gestão de avanços acadêmicos e assistenciais para os estudantes: ampliação das bibliotecas; mais bolsas e criação das moradias; reforma dos restaurantes e transporte universitário.  A inclusão estudantil proporcionou estudo e êxito a milhares de estudantes das camadas populares. Novas oportunidades para quem tanto precisava da educação superior pública e gratuita. Forte política de assistência estudantil elevou o nível de permanência. Implementamos Ações Afirmativas de inclusão e Política de Cotas.
Eu e o vice Prof. Wainer Silva temos experiência administrativa e gosto pelo diálogo, respeitamos os Conselhos, Colegiados, Sindicatos e DCE. Todos sabem que cumprimos os compromissos assumidos e que adotamos como nossos os projetos e demandas de todas as áreas e setores da UFF. Temos certeza de unir a comunidade universitária com um projeto democrático de gestão transparente que dinamize a UFF, renovando a esperança e nossa autoestima.
Respeitosamente,
Roberto Salles e Wainer Silva
* Este e-mail foi autorizado para envio pela Comissão Eleitoral Especial responsável pelo processo de consulta das preferências da comunidade acadêmica para o cargo de Reitor e Vice-Reitor da UFF para o quadriênio 2018-2022. Seu objetivo é divulgar, para a comunidade universitária, as informações e propostas dos candidatos à reitoria da UFF. O conteúdo dos textos, no entanto, são de responsabilidade de cada chapa.

Informes da Chapa 1

Postado por eduheleno em 09/abr/2018 - Sem Comentários

Para conhecimento,  divulgamos os informes de cada chapa que compõem o processo eleitoral para a reitoria.
Abaixo, as mensagens da chapa 1.
Vote Chapa 1! Antonio Claudio, reitor, e Fabio Passos, vice-reitor.
Um corpo técnico qualificado significa uma universidade melhor e mais eficiente. Por isso, uma das principais propostas é a criação de vagas em cursos da UFF para os técnico-administrativos. Eles fazem muito pela UFF e temos que retribuir com medidas que os valorizem cada vez mais. Esta mensagem apresenta propostas da Chapa 1: Juntos pela UFF para os técnico-administrativos:
Implantar o regime de trabalho de 30 horas conforme as deliberações da Comissão Paritária instituída pela Portaria nº 57.529.
Viabilizar a criação de convênio de saúde para os técnico-administrativos.
Criar vagas para o ingresso dos técnico-administrativos nos cursos da UFF de especialização, mestrado e doutorado.
Investir na qualificação e treinamento dos servidores nos temas pertinentes à internacionalização, com ênfase em cursos de língua estrangeira gratuitos.
Construir parcerias com mercados, farmácias, clubes, academias etc. para garantia de descontos em produtos, serviços e atividades para os servidores.
Investir permanentemente em cursos para os técnico-administrativos – tanto dentro quanto fora da UFF – buscando criar redes com outras universidades.
Ampliar e fortalecer o Programa de Prevenção e Enfrentamento ao assédio moral na UFF.
Criar o Centro de Qualidade de Vida do Servidor, espaço flexível para o processo admissional e exames periódicos, além de atividades de promoção da qualidade de vida.
Ampliar e fortalecer o programa de prevenção e enfrentamento ao assédio sexual, ao preconceito e à violência contra as mulheres na UFF.
Ampliar o número de juntas oficiais para perícia médica e viabilizar a implantação da perícia ou junta médica oficial móvel para atendimento às demandas específicas dos Campi de expansão.
Descentralizar os serviços de assistência à saúde para os Campi de expansão, buscando fazer parcerias locais, como forma de torná-los sustentáveis.
Vamos JUNTOS PELA UFF resistir, avançar e realizar!

* Este e-mail foi autorizado para envio pela Comissão Eleitoral Especial responsável pelo processo de consulta das preferências da comunidade acadêmica para o cargo de Reitor e Vice-Reitor da UFF para o quadriênio 2018-2022. Seu objetivo é divulgar, para a comunidade universitária, as informações e propostas dos candidatos à reitoria da UFF. O conteúdo dos textos, no entanto, são de responsabilidade de cada chapa.

Vote Chapa 1! Antonio Claudio – reitor e Fabio Passos – vice-reitor.
A Chapa 1: Juntos pela UFF tem uma trajetória vitoriosa e vamos crescer muito mais. Queremos liderar um projeto coletivo de uma universidade moderna. Uma UFF ainda mais inclusiva, plural, eficiente e arrojada.
Hoje a comunidade da UFF tem mais de 70 mil pessoas, entre alunos, técnico-administrativos e docentes. Cada uma delas conquistou o seu espaço de forma legítima. E sabemos que é missão de todos nós mantermos condições favoráveis para a formação acadêmica e profissional.
A UFF passou por uma expansão vigorosa durante o período recente de crescimento econômico do Brasil. Naquele momento, houve um enorme investimento nas universidades federais.
A partir de 2014 esse cenário mudou muito. A falta de recursos para educação, ciência e tecnologia gerou novos desafios para a gestão universitária. A UFF cresceu, mas os repasses diminuíram.
Sabemos que soluções da época de fartura não funcionam nesta nova realidade. O desafio agora é outro. Precisamos ser eficientes e responsáveis na administração dos recursos públicos para consolidar a expansão da UFF em alto nível. Já provamos que sabemos reagir e realizar em momentos difíceis.
A UFF cresceu e fez muito! Boas idéias e um belo trabalho colaborativo, em equipe, são mais fortes do que qualquer interesse pessoal.
Administrar uma universidade federal nos últimos anos se tornou um grande desafio. Os tempos mudaram. Precisamos resistir aos ataques, reagir e avançar com eficiência e responsabilidade. E isso só se faz com grandes equipes!
Já mostramos que é possível realizar em tempos difíceis. Com trabalho coletivo, faremos isso e muito mais!
Para enfrentar esses desafios, temos que trabalhar somando competências e determinação, com muito entusiasmo! Vamos superar as adversidades e criar o futuro que todos nós queremos. Juntos somos mais fortes, sempre!
* Este e-mail foi autorizado para envio pela Comissão Eleitoral Especial responsável pelo processo de consulta das preferências da comunidade acadêmica para o cargo de Reitor e Vice-Reitor da UFF para o quadriênio 2018-2022. Seu objetivo é divulgar, para a comunidade universitária, as informações e propostas dos candidatos à reitoria da UFF. O conteúdo dos textos, no entanto, são de responsabilidade de cada chapa.

Karl Marx, 200 anos

Postado por eduheleno em 09/abr/2018 - Sem Comentários

No dia 17 de abril, o INEST  recebe o historiador Angelo Segrillo.
Ele lança o livro Karl Marx, 200 anos, a primeira biografia strictu sensu escrita por autor brasileiro.
Doutor pela UFF, mestre pelo Instituto Pushkin, de Moscou, com estágio na Universidade de Tubingen (Alemanha), Segrillo é atualmente docente da Universidade de São Paulo.
A palestra será realizada às 11h, no auditório do bloco O,  e terá a apresentação do Prof. Eurico de Lima Figueiredo.

Atualização: diferente do informado antes, a palestra será no dia 17 e não no dia 11 de abril.

Inscrições em https://goo.gl/forms/eXTcNg7CX2ueY2UC3

Copyright ©2016 - UFF - STI - Todos os direitos reservados

Translate »